Portugal reprograma os fundos Portugal 2020 para responder aos principais desafios.

São otimizados os fundos da União Europeia ainda disponíveis, concentrando-os nas áreas prioritárias para o desenvolvimento do país: qualificação dos portugueses, desenvolvimento e coesão territorial e investimento empresarial.

O Governo tem um objetivo muito claro de termos uma década de crescimento sustentado e de convergência com a UE. Nas palavras do Primeiro-ministro, “Somos o primeiro país da UE na execução dos fundos comunitários”. Continuamos a aposta na qualificação das pessoas, dos territórios e das empresas, com um reforço de 2,7 mil milhões de euros dos fundos da União Europeia.

Com a reprogramação, haverá mais 7 mil milhões de euros de investimento público e privado até ao final deste ciclo.

Fotos: Paulo Vaz Henriques